Viva. As Cidades

"10" Post(s) encontrado(s) na categoria: Arquicidades

Três dias de frio e chuva em Edimburgo – sem tempo ruim! (parte III)

Walking tour pela cidade e visitas a lugares cobertos

Walking Tour e curiocidades No nosso terceiro dia na capital da Escócia comemos de café da manhã uns oatcakes e umas frutas que tínhamos comprado num mercadinho e, guarda-chuvas na mão, embarcamos num desses Free Walking Tour. Os Free Walking Tour são sempre uma boa opção pra quem quer aprender melhor sobre um lugar desconhecido sem gastar muito (paga o quanto acha justo) e sem ficar muito tempo na cola de excursão (costuma durar umas 3 horas). Ensina o feijão-com-arroz da cidade temperado com algumas curiosidades, o que era bem o que queríamos, depois de uma visão geral de Edimburgo dos dias anteriores. A empresa que escolhemos, por indicação do hostel, foi a Sandemans, e o tour que pegamos foi o basicão, que abrange a Cidade Velha e a Cidade Nova. Mas eles tem vários outros tours pra oferecer, inclusive pras Highlands. Fizemos com o grupo em espanhol e o […]

Continue lendo

Entrevista de emprego com Gaudí – Parte III

O arquiteto explicando suas 20 principais obras

Sei que já tomei muito do seu tempo, por isso se você quiser ler com calma o começo da minha entrevista de emprego, está tudo guardadinho aqui, na Parte 1 e na Parte 2. Esta é a última – prometo – e nela vou falar de mais 5 obras. Sendo que duas delas entram no top 5 das minhas mais conhecidas. Sem mais delongas, me diga: você já ouviu falar do Portal Miralles? 16 – PORTAL MIRALLES Acredito que não. Muita gente, até mesmo quem mora em Barcelona, não sabe da existência desta obra. Para ser mais exato, ela se encontra no Passeig Manuel Girona, 55. Foi construída no ano de 1901 para o meu amigo Hermenegild Miralles i Anglès e concluida no ano seguinte. Ele trabalhava com materiais de acabamentos, madeiras… E já havia realizado alguns trabalhos para mim, como por exemplo a parte interna do fumódromo da Casa […]

Continue lendo

Entrevista de emprego com Gaudí – Parte II

O arquiteto explicando suas 20 principais obras

Pra aqueles que estão pegando o bonde andando – bonde… não sei por que mas me veio um frio na espinha!! – e perderam o que eu, Gaudí, contei na primeira parte da minha entrevista de emprego, é só clicar aqui (tem informações das 10 primeiras principais obras que realizei pós-formado). Ainda falarei de mais 10 construções, conhecidas e não tão conhecidas, tipo essa: Então vamos continuar. De onde parei? Ah, sim, Bodegas Güell… 11 – BODEGAS GÜELL Pelo nome vocês já sabem quem me pediu pra construir, correto? Existe uma peculiaridade neste projeto. Esta foi a primeira obra que Güell me pediu para realizar, isto em 1882. Na época ele havia comprado este baita terreno com mais de 800 hectares em Garrafs, praia belíssima a 30 km aproximadamente ao sul de Barcelona, que fica dentro do município de Sitges – outra

Continue lendo

Entrevista de emprego com Gaudí – Parte I

O arquiteto explicando suas 20 principais obras

Que Antoni Gaudí entra em um grupo seleto dos grandes arquitetos da história, como Le Corbusier, Zaha Hadid, Oscar Niemeyer, Frank Lloyd Wright, Lina Bo Bardi, Rafael Belli Soares, entre tantos outros, vocês já devem saber. Suas principais obras vocês também já devem ter visto ou lido algo a respeito. Outras, não tão famosas assim, é interessante saber que existem. Tipo essa: Agora imaginem se ele fosse a uma entrevista de emprego e tivesse que explicar seu currículo pra preencher aquela vaga de arquiteto em seu escritório (isso só não é possível porque ele já partiu dessa pra uma melhor, só por isso!). Na minha imaginação, ele descreveria algumas de suas criações – pós formado -, resumidamente, mais ou menos, assim: 1 – NAU GAUDÍ Foi aproximadamente a 30km de distância do centro de Barcelona, em Mataró, onde executei minha primeira obra, já com meu diploma de arquiteto na mão […]

Continue lendo

O que fazer em Luxemburgo em dois dias

Segundo dia

Se no nosso primeiro dia nós nos deixamos surpreender pela cidade sem muito planejamento, no segundo, como já havíamos estado nas principais atrações turísticas, saímos ainda mais sem rumo! Ainda assim teve boas descobertas, que agora vocês verão que ainda tem muita coisa pra fazer em Luxemburgo. Eu, Luiza, comecei o dia indo com minha mãe, irmão e primo ao Bierger-Center (centro de atenção ao cidadão, tipo a prefeitura local) pra entregar documentos referentes à recuperação da nossa cidadania luxemburguesa. O resto do

Continue lendo

O que fazer em Luxemburgo em dois dias

Primeiro dia

Pra quem não sabe, Luxemburgo – ou, oficialmente, Grão-Ducado de Luxemburgo – é um pequeno país de pouco mais de meio milhão de habitantes e de 2586 km² de área, que, sem embargo, tem um dos maiores PIB per capita do mundo (pra vocês verem que tamanho não é documento!). Estivemos por uma noite e (quase) dois dias na Cidade de Luxemburgo (a capital e principal cidade) e contamos pra vocês o que vimos e fizemos de bom por lá! Por que Luxemburgo? Com tantos países para se ver na Europa, muitos não veem Luxemburgo como um destino turístico – a maioria dos visitantes vai a negócios ou por assuntos pessoais. No nosso caso, a visita foi para recuperar a

Continue lendo

Principais estádios de Barcelona – Olímpico

O estádio da cidade

Depois de falarmos do Camp Nou e do RDCE Stadium, chegou a hora de falar do Estádio Olímpico da cidade de Barcelona. Chegamos nos minutos finais sobre as matérias relacionadas aos principais estádios da capital da Catalunha. Então aguente firme, mantenha o fôlego, aperte o cinto (hein!?) porque até de Fórmula 1 vamos falar! (oi!?). Muitas pessoas acreditam que o Estádio Olímpico tenha sido construído para as Olimpíadas de 92. Sim, ele foi construído já com este ideal de servir às olimpíadas, mas muito antes da década de 90. 90, aliás, é a sua idade atual, contada de sua inauguração, 20 de maio de 1929 – e a história começa um pouco antes, em 5 de abril de 1927, quando começaram as obras. Na época, Barcelona estava prestes a realizar a famosa Exposição Internacional de Barcelona, graças à qual toda a região da montanha de Montjüic passou por uma reurbanização, […]

Continue lendo

Principais estádios de Barcelona – Cornellà-El Prat

O estádio do R. C. D. Espanyol

Já falamos do Camp Nou e agora é a vez de falar do Estádio Cornellà-El Prat, o estádio do clube Espanyol – não se preocupem que ainda escreverei sobre o Estádio Olímpico. Talvez pelo fato da cidade de Barcelona contar com a equipe do Barça, uma das mais conhecidas do mundo, a equipe do Espanyol e seu estádio passem desapercebidos por muitos; mas, aqui no Vivacidades a gente não esqueceu deles! A história desse clube é um pouco confusa (tipo uma equação que envolve log13) porque a equipe mudou de nome algumas (seis) vezes, mudou de cor, perdeu o estádio, aí jogou no Estádio Olímpico, se dizem os verdadeiros catalães mas têm uma coroa real… Pero os explico! O clube foi fundado em 28 de outubro de 1900, sendo um dos mais antigos da Espanha. Iniciou com o nome de Sociedad Española de Fútbol e depois de alguns meses, o time amarelo (sim, […]

Continue lendo

Principais estádios de Barcelona – Camp Nou

O estádio do F.C. Barcelona

Assim como escrevi sobre os estádios de Curitiba (Arena da Baixada, Couto Pereira e Vila Capanema), escreverei aqui sobre os estádios da capital catalã. O Camp Nou é a bola da vez nesta matéria. Então, se você é aficionad@ por futebol, por esporte, por história, por arquitetura, por viagens, por curiosidades (esqueci alguém?),…, grude o olho na telinha e “vamo que vamo” que ainda estamos no primeiro minuto de jogo! O Camp Nou (Campo Novo, em catalão), tem este nome não à toa. Antes dele, o Barça já havia tido dois estádios e nenhum deles se situava onde hoje se situa o “novo” estádio. O primeiro deles foi o Camp del Carrer Indústria e o segundo o Camp de les Corts. 29 de novembro de 1899 é a data da fundação do Futbol Club Barcelona, que passou 10 anos jogando em campos cedidos pela prefeitura. Em 1909 foi quando começou a […]

Continue lendo

Distrito 22@ Barcelona

A área inovadora da cidade

Pode parecer nome de filme de ficção científica ou de investigação, pode lembrar algum tipo de área secreta tipo a Área 51 de Nevada… Mas não tem nada a ver com isso. O nome Distrito 22@ (conhecido também como 22@Barcelona ou simplesmente 22@) é referente a uma área destinada a dar um novo uso para uma parte do bairro Poblenou, em Barcelona. Um pouquinho de história Antigamente, o Bairro Poblenou (= povo novo, em catalão) se chamava Taulat (= terra de cultivo), e pertencia a Sant Martí, município que em 1897 foi agregado a Barcelona. Entre 1846 e 1965, a região se desenvolveu muito industrialmente, com uma paisagem tomada por grandes chaminés, tornando-se uma das principais áreas industriais, não somente da cidade, como do país – na época, era chamada de 

Continue lendo

1 2 3
© 2021 VivacidadesDesenvolvido com por