Viva. As Cidades

"10" Post(s) encontrado(s) na categoria: Cidades

Principais estádios de Barcelona – Olímpico

O estádio da cidade

Depois de falarmos do Camp Nou e do RDCE Stadium, chegou a hora de falar do Estádio Olímpico da cidade de Barcelona. Chegamos nos minutos finais sobre as matérias relacionadas aos principais estádios da capital da Catalunha. Então aguente firme, mantenha o fôlego, aperte o cinto (hein!?) porque até de Fórmula 1 vamos falar! (oi!?). Muitas pessoas acreditam que o Estádio Olímpico tenha sido construído para as Olimpíadas de 92. Sim, ele foi construído já com este ideal de servir às olimpíadas, mas muito antes da década de 90. 90, aliás, é a sua idade atual, contada de sua inauguração, 20 de maio de 1929 – e a história começa um pouco antes, em 5 de abril de 1927, quando começaram as obras. Na época, Barcelona estava prestes a realizar a famosa Exposição Internacional de Barcelona, graças à qual toda a região da montanha de Montjüic passou por uma reurbanização, […]

Continue lendo

Principais estádios de Barcelona – Cornellà-El Prat

O estádio do R. C. D. Espanyol

Já falamos do Camp Nou e agora é a vez de falar do Estádio Cornellà-El Prat, o estádio do clube Espanyol – não se preocupem que ainda escreverei sobre o Estádio Olímpico. Talvez pelo fato da cidade de Barcelona contar com a equipe do Barça, uma das mais conhecidas do mundo, a equipe do Espanyol e seu estádio passem desapercebidos por muitos; mas, aqui no Vivacidades a gente não esqueceu deles! A história desse clube é um pouco confusa (tipo uma equação que envolve log13) porque a equipe mudou de nome algumas (seis) vezes, mudou de cor, perdeu o estádio, aí jogou no Estádio Olímpico, se dizem os verdadeiros catalães mas têm uma coroa real… Pero os explico! O clube foi fundado em 28 de outubro de 1900, sendo um dos mais antigos da Espanha. Iniciou com o nome de Sociedad Española de Fútbol e depois de alguns meses, o time amarelo (sim, […]

Continue lendo

Principais estádios de Barcelona – Camp Nou

O estádio do F.C. Barcelona

Assim como escrevi sobre os estádios de Curitiba (Arena da Baixada, Couto Pereira e Vila Capanema), escreverei aqui sobre os estádios da capital catalã. O Camp Nou é a bola da vez nesta matéria. Então, se você é aficionad@ por futebol, por esporte, por história, por arquitetura, por viagens, por curiosidades (esqueci alguém?),…, grude o olho na telinha e “vamo que vamo” que ainda estamos no primeiro minuto de jogo! O Camp Nou (Campo Novo, em catalão), tem este nome não à toa. Antes dele, o Barça já havia tido dois estádios e nenhum deles se situava onde hoje se situa o “novo” estádio. O primeiro deles foi o Camp del Carrer Indústria e o segundo o Camp de les Corts. 29 de novembro de 1899 é a data da fundação do Futbol Club Barcelona, que passou 10 anos jogando em campos cedidos pela prefeitura. Em 1909 foi quando começou a […]

Continue lendo

Distrito 22@ Barcelona

A área inovadora da cidade

Pode parecer nome de filme de ficção científica ou de investigação, pode lembrar algum tipo de área secreta tipo a Área 51 de Nevada… Mas não tem nada a ver com isso. O nome Distrito 22@ (conhecido também como 22@Barcelona ou simplesmente 22@) é referente a uma área destinada a dar um novo uso para uma parte do bairro Poblenou, em Barcelona. Um pouquinho de história Antigamente, o Bairro Poblenou (= povo novo, em catalão) se chamava Taulat (= terra de cultivo), e pertencia a Sant Martí, município que em 1897 foi agregado a Barcelona. Entre 1846 e 1965, a região se desenvolveu muito industrialmente, com uma paisagem tomada por grandes chaminés, tornando-se uma das principais áreas industriais, não somente da cidade, como do país – na época, era chamada de 

Continue lendo

Os principais festivais de verão de Barcelona

Pra aproveitar o finalzinho da estação e já se planejar pra seguinte

Já comentamos aqui no blog o quanto Barcelona é rica em eventos. No verão não é diferente, pois, seja da parte dos turistas, seja dos moradores, público não falta. Sobre turismo não preciso discorrer muito: em 2018 foram contabilizadas 4,6 milhões de pessoas hospedadas na cidade entre junho e agosto! Já quanto aos moradores, ainda que o costume seja fugirem pra praia (“praia-praia”, tipo Costa Brava, e não “praia-cidade”!), é certo que não ficam fora por tanto tempo – normalmente vão em agosto, quando inclusive a maior parte dos festivais já passou. Falamos também no blog que, de maneira geral, os eventos em Barcelona são os mesmos – mesmo nome, diferentes atrações. Vale também para os grandes festivais que vamos listar. Isso significa que, pra quem não quiser pagar o dobro, triplo, o céu é o limite em ingresso, é bom fazer planejamento. E quando digo planejamento, digo em compra antecipada mesmo: […]

Continue lendo

Um dia em Antonina-PR – Parte 1

História, arquitetura, gastronomia e natureza a 80km de Curitiba

Era um domingo anormal em Curitiba, de muito sol e calor, acordamos cedo sem querer, vimos a previsão do tempo para o litoral paranaense e pensamos: por que não fazer um programa diferente? Que tal Antonina? Pode ser! Partiu! A cidade histórica de Antonina se localiza a aproximadamente 80km de Curitiba, no litoral paranaense (que apesar de pequeninho, tem muita coisa bacana para ser explorada). É um daqueles passeios bate-volta piscou, chegou! Vá na fé e na coragem… E pela centenária Estrada da Graciosa! Outra forma de chegar a Antonina saindo de Curitiba é pela BR-277 – sentido

Continue lendo

Um dia em Antonina-PR – Parte 2

História, arquitetura, gastronomia e natureza a 80km de Curitiba

Depois de passar pela Estrada da Graciosa (foram quase duas horas de viagem – fomos a la Rubinho, bem devagar, para poder curtir o visual!), chegamos à cidade histórica de Antonina ainda pela parte da manhã. Como era domingo, a maioria do comércio se encontrava fechado, mas isso não afetou nosso passeio, pois o que precisávamos para sermos felizes estava aberto (pouco dramático!). Um pouco da história de Antonina Antonina é uma das cidades mais antigas do estado do Paraná; completa este ano (2019) 305 anos de fundação e tem histórias a perder de vista. Já foram encontrados vestígios de ocupação nos sambaquis e de ocupação de índios carijós muito antes de sua “efetiva”

Continue lendo

Um dia em Antonina-PR – Parte 3

História, arquitetura, gastronomia e natureza a 80km de Curitiba

Já falamos do trajeto pela Estrada da Graciosa até Antonina na parte 1 e já falamos um pouco da história da cidade e do que vimos nela na parte 2. Agora está na hora de falar de comida e de como fazer a digestão! Confesso que meu espírito gordinho está indo à loucura lembrando da casquinha de siri que comemos lá! Mas antes vou falar um pouquinho do local que escolhemos pra comer. Restaurante Caçarola do Joca Este restaurante de quase 40 anos de história não conta mais com o comando do Joca (Joaquim Carlos Alcobas), que faleceu em junho de 2008 – hoje quem toma conta são suas filhas, Jamylle e Ramsa Alcobas. Pelos relatos, o Joca era O Cara! Em 1981, o paulistano recém-chegado a Antonina comprou o antigo casarão de uma imigrante belga e não demorou para se espalhar a boa fama da sua

Continue lendo

Parabéns, Curitiba!

326 aninhos de vida

De acordo com as minhas estatísticas, são 218 anos com céu nublado, 93 de chuva, 9 de sol, 6 de sol e chuva no mesmo dia, dois dias de neve e um dia de sol sem nuvens. Nenhuma super lua, nenhum eclipse solar, nenhum eclipse lunar, nenhum cometa… Nada disso em terras curitibanas devido a suas caprichosas nuvens. Por que estou começando o post falando isso? Porque eu, que sou de Brasília e que já passei mais de 20 anos aqui, eu que odeio frio e chuva e céu cinzento, aprendi a gostar da cidade apesar desse tempo lazarento (pra definir usando uma expressão bem daqui)! Brincadeiras e exageros à parte, preciso admitir que Curitiba é muito mais que isso; é uma cidade de tirar o chapéu! E este mês de março ela está de parabéns; por isso o post, em comemoração ao aniversário – não esperem ver críticas negativas neste espaço. […]

Continue lendo

Bosque Alemão

A bruxaria que encanta quem conhece!

O Bosque Alemão fica no Bairro Vista Alegre, no Jardim Schaffer, numa área de fundo de vale de 38.000m². Trata-se de uma homenagem aos vários imigrantes dessa etnia que se estabeleceram na cidade no século 19. Essa casinha bonitinha que fica na entrada superior é o Oratório Bach (homenagem ao compositor alemão Johann Sebastian Bach); é uma réplica de uma igreja presbiteriana de 1933 que existiu no Bairro Seminário e nela funciona uma sala para concertos musicais com capacidade para 100 pessoas. Nesse dia o Oratório estava todo enfeitado porque recebeu a instalação da Cidade do Pão de Mel: nove biscoiterias locais se uniram e fizeram a reprodução dos principais pontos turísticos de Curitiba em biscoitos, uma graça!

Continue lendo

1 2 3 5
© 2019 VivacidadesDesenvolvido com por