Viva. As Cidades

"4" Post(s) encontrado(s) na categoria: Curiocidades

Passeio Público de Curitiba – Parte 2

Entre a graça e a desgraça

O Passeio Público faz parte da história de Curitiba e da vida dos curitibanos – pelo menos os da velha guarda. Mas saibam que nem sempre ele foi público. O primeiro administrador, Francisco Fasce Fontana (italiano, ervateiro, empresário, rico…), foi quem que ajudou a viabilizar a sua construção; até por isso na época ele instituiu que algumas das atrações deveriam ser pagas, como, por exemplo, a “elegante máquina de cavalinhos” – um carrossel, que foi sucesso total. Só que Chico (para os íntimos) começou a ficar indignado por ter que tirar do próprio bolso verba para a manutenção do local e ainda ter que apresentar recibos e notas fiscais das obras – que ele mesmo estava bancando – para a administração pública e, como protesto, fechou os portões do parque. A população não gostou: em 1889 invadiu o local e mostrou o significado da palavra “público”.

Continue lendo

Passeio Público de Curitiba – Parte 1

Entre a graça e a desgraça

Chegou a vez de falar do Passeio Público. Neste ano de 2019 o parque mais antigo de Curitiba completa 133 anos desde sua primeira inauguração. Sim, teve mais de uma! Foi Alfredo d’Escragnolle Taunay, o presidente da época da Província do Paraná, quem deu o pontapé inicial para a construção do Passeio. O local era um banhado/pântano que causava dor de cabeça na população e a construção ajudou na drenagem do terreno e na eliminação de alguns problemas de insetos da região. Taunay adiantou a inauguração para o seu último dia de mandato, dia 2 de maio de 1886. No dia seguinte, seu sucessor Joaquim Faria Sobrinho assumiu o cargo e a bronca. Como a entrega foi em condições bem “marromeno”, Joaquim arcou com o “preju” para finalizar e corrigir os defeitos da construção. Foi daí que em 8 de agosto de 1886 aconteceu a segunda inauguração – mas se […]

Continue lendo

Passo a passo do Paço

Um pouco da história de um dos edifícios mais importantes de Curitiba

Localizado na Praça Generoso Marques, o Paço da Liberdade – também conhecido como Paço Municipal – talvez seja a obra que mais atrai olhares e cliques fotográficos de quem passa pelo centro da cidade. Sua construção “solta” na praça o valoriza ainda mais: ele e a Catedral de Curitiba reinam imponentes no espaço que disputam com as demais construções típicas dos centros das grandes capitais – incluída aí, infelizmente, a poluição visual das propagandas de lojas, a quem eles por sorte ficam alheios! O Paço começou a ser construído na época do governo de Cândido de Abreu, em 1914, no local onde então funcionava o Mercado Municipal; durante a obra, as paredes do mercado serviram de muro, servindo como

Continue lendo

As confusões de uma Sagrada Família

Bastidores da obra ainda inacabada de Gaudí

Um dos mais importantes cenários de Barcelona – se não o principal – é a Basílica da Sagrada Família. Particularmente é nossa queridinha: foi nossa vizinha durante dois anos e criamos um laço de amizade intenso! E por isso resolvemos escrever aqui o que talvez muita gente não saiba. Ela e um filho adolescente têm uma coisa em comum: trazem muita dor de cabeça para os responsáveis! Ela começou a ser construída em 1882; em 1883, o tão famoso arquiteto Antoni Gaudí tomou conta do projeto, mudou tudo e projetou como bem entendia. Ok, isso não é tanta novidade. A basílica continua em construção até hoje, com previsão de término para 2026 – em homenagem aos 100 anos da morte do arquiteto. Mas muita gente só acredita nesta informação, vendo! Vocês sabiam que ainda nem começaram a construir a fachada frontal da igreja? Pois é! As duas fachadas que já […]

Continue lendo
© 2019 VivacidadesDesenvolvido com por