Viva. As Cidades

Congresso de Felicidade

pra Curitiba fazer jus ao apelido de "cidade sorriso"!

Dentro de poucos dias, nos dias 3 e 4/11/2018, acontece em Curitiba o Congresso Internacional de Felicidade, que pelo terceiro ano seguido faz parte dos eventos autênticos e imperdíveis da cidade. Diferente das duas primeiras edições, que se realizaram na Ópera de Arame, esta – visando abrigar o crescente público – se realiza num outro velho conhecido local dos curitibanos, o belo Parque Barigui (Expo Renault Barigui).

Para entendermos um pouco melhor do que trata o evento, fizemos algumas perguntas para o seu idealizador, Gustavo Arns de Oliveira. Vale dizer que o Gustavo é um idealizador de maneira geral – são anos de amizade convivendo com ideias mirabolantes! – e, mais que isso, um realizador – advogado por formação, administrador por vocação e agregador de pessoas por convicção; a união disso tudo e, claro, a união com a Dani (sua mulher, a psicóloga Danielle Ávila Cesar de Oliveira) trouxe a força da energia que todos que vão ao evento dizem sentir.

Vamos então ao que interessa!

Congresso de Felicidade 2016 na Ópera de Arame (Foto retirada do site www.congressodefelicidade.com.br )

De onde surgiu a ideia para realizar o Congresso? Algum “insight” específico?

A ideia para realizar o Congresso surgiu em 2016. Eu sempre gostei de cursos, palestras e evento na área do autoconhecimento. Estava justamente em um Congresso em Brasília, quando pensei: “por que não realizar um evento em Curitiba?”. Conversei com alguns amigos que gostam do tema e assim surgiu a ideia de realizar um Congresso, que mais tarde foi batizado de Congresso Internacional de Felicidade. Entendendo a Felicidade como um possível caminho para o autoconhecimento. No Congresso, abordamos a felicidade a partir de 4 pontos de vista: Ciência, Filosofia, Artes e Espiritualidade. Trazemos palestrantes do Brasil e de diversas partes do mundo para causar no público uma reflexão: afinal, o que eu posso fazer para ser mais feliz?

Recebemos pessoas do Brasil inteiro, de 25 estados e de mais de 350 cidades. É praticamente o Brasil inteiro. Esse ano lançamos um movimento, queremos aumentar o nível de felicidade do BRASIL. Se cada um dos participantes abraçar a causa, e levar para sua cidade essa missão, temos um potencial enorme para essa transformação

Quem são os envolvidos?

Temos um grupo grande de pessoas que se envolve na elaboração e execução do evento.
Agências, produtoras, voluntários, um grupo de co fundadores e muita gente que acredita na causa ajuda a pulverizar a ideia.

E o público? Como ele é?

O público é extremante variado. Mais mulheres do que homens, grande parte acima dos 35 anos de idade. É um público inquieto. Pessoas que estão buscando paz interior através do autoconhecimento. Me incluo como parte desse público para dizer que somos todos buscadores, acreditamos que podemos contribuir para termos um mundo melhor, mais justo, mais fraterno e mais feliz.

Congresso de Felicidade 2017 na Ópera de Arame (Foto retirada do site www.congressodefelicidade.com.br )

Vale a pena ir ao Congresso mais de uma vez? Como variam os temas de ano a ano?

Temos muitos participantes que estão voltando ao Congresso pela 3ª vez esse ano. Isso é incrível! Fico realmente muito feliz com isso. Todos os anos buscamos apresentar uma experiência completamente nova aos participantes. Além de mudar quase todos os palestrantes ano após ano.
Os pilares são os mesmos: Ciência, espiritualidade, filosofia e arte. Mas a partir deles a temática é quase infinita e ano a ano buscamos variar bastante, de forma bem holística, educação, saúde, alimentação, bem estar, xamanismo, conscienciologia, psicologia positiva, neurociência, física quântica, medicina, política, empresas sociais, gestão organizacional, PNL, enfim… Muitos temas mesmo! Com certeza vale a pena ir ao Congresso mais de uma vez, cada experiência é única. É como a história de que é impossível para um homem tomar banho 2 vezes no mesmo rio. Já não é mais o mesmo homem e nem o mesmo rio.

Você imaginava que o Congresso chegaria à Terceira Edição?

Nunca imaginei que o Congresso pudesse chegar a sua 3ª edição. Na verdade, quando fizemos o 1º Congresso a ideia era fazer um único. Aquele seria o 1º e único Congresso. A ideia era movimentar a cidade através desse tema, fazer as pessoas se conectarem e, claro, trazer palestras interessantes para Curitiba. Mas a repercussão foi incrível. Ouvimos histórias fantásticas de pessoas que realmente se motivaram a realizar projetos, sonhos e mudanças em suas vidas. Simplesmente não foi possível parar esse fluxo que se abriu a partir do primeiro ano.

Quais são os planos para o futuro?

O plano é seguir fazendo Congressos e impactando as vidas das pessoas que chegam abertas para isso. E outros projetos foram ganhando forma, levamos um grupos em uma viagem espiritual para índia e outro para o Peru. Lançamos um curso de formação dentro do ISAE/FGV, fizemos alguns cursos e workshops presenciais em Curitiba. Temos planos de aumentar ainda mais essas frentes e experiências de felicidade. A ideia é abrir caminhos para que as pessoas possam, após o Congresso, implementar em suas vidas as mudanças que elas gostariam de realizar para efetivamente terem uma vida mais feliz e também deixar o entorno delas mais feliz. Esse é o caminho para realizarmos o propósito de realmente elevar o nível de felicidade do Brasil.

Congresso de Felicidade 2017 na Ópera de Arame (Foto retirada do site www.congressodefelicidade.com.br )

Na metade do ano tivemos o prazer de participar do workshop do Jorge Trevisol (um dos palestrantes do Congresso de Felicidade de 2017 e deste ano também) e foi fantástico.
Sem dúvida é um evento que te sensibiliza, te comove, te faz ver a vida com outros olhos.
Se você se interessou e quer saber mais detalhes, é só visitar o site do congresso – https://www.congressodefelicidade.com.br/ .

Eles estarão te esperando de braços abertos!

Você pode também gostar

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • […] teatrais e musicais, conferências e eventos variados – lembram do post que fizemos sobre o Congresso de Felicidade? As duas primeiras edições foram […]

  • © 2019 VivacidadesDesenvolvido com por