Viva. As Cidades

Sete truques para não surtar no Mercat de La Boquerìa, em Barcelona

Pra manter a calma no mar de gente e desfrutar desse fantástico mercado sem cair em frias!

O Mercat de Sant Josep, conhecido como La Boquerìa, é sem dúvidas um must see de Barcelona. Conhecer a cidade e não visitá-lo seria como ir a Paris sem ver a Torre Eiffel – o que também significa que a experiência turística pode se tornar um pouco estressante pela superlotação e que alguns preços podem ser exploradores. É com base nisso que fazemos esse post; para que vocês possam desfrutar da visita a esse local extraordinário!

Frente da Boquería (Foto: Rafael Belli Soares)

1 – Tenham em mente que no verão o lugar recebe (muito) mais gente: já falamos em outro post sobre a melhor época para visitá-lo. Mas, se você está na cidade justamente nessa época de “fervo”, a dica que damos é escolher horários como o de abertura (perto das 8h) ou fechamento (em torno 20h). Sinceramente, evitaríamos almoçar por lá nessa época, a não ser que você seja alguém que não se importa de esperar (bastante, e no meio de um formigueiro) para ser atendido!…

2 – Por falar em horário de fechamento, é nele que se encontram as melhores pechinchas de suco! Os vendedores começam a gritar loucamente fazendo ofertas dos deliciosos sucos de frutas que não foram vendidos – e é muito suco, um melhor que o outro (muito amor pelo de pitaya com côco). Nesse horário dá pra comprar sucos a 1 euro ou promoções de 2×1.

Sucos dos mais variados sabores (Foto: Luiza Nascimento Mendonça)

3 – E por falar em sucos, em qualquer horário é possível perceber que os das barracas do fundo são mais baratos. Com o euro ao valor astronômico que está na comparação com o real, uns passinhos a mais por uma economia de 0,50¢/1 € vale, né?

4 – Em qualquer época que seja, mas principalmente no verão, cuidem, muito, dos seus pertences! Com o vuco-vuco do trânsitos de pessoas nos corredores do mercado, os pick pockets de plantão não perdem tempo – e eles são MUITO ágeis! Assim, manter sempre o olho no zíper da bolsa; não levar nada de importante nos bolsos de trás e em hipótese alguma andar de mochila (a gente sempre virava ela e levava na barriga).

5 – Se você é daqueles que em poucos dias de viagem já começa a sentir falta de coxinha, lá é o seu lugar! Mas compre da barraca do brasileiro, que fica mais na frente, do lado direito para quem vê o mercado de frente – nas barracas de trás eles também vendem, mas não são muito boas.

Adendo: você já deve saber, mas não custa registrar que se você é daqueles que buscam iguarias de toda parte do mundo, lá também é o seu lugar!

(Foto: Luiza Nascimento Mendonça)

6 – Cuidado com os preços dos chocolates!! Eles são lindos e altamente fotografáveis – só. Eu me lembro que havíamos recém voltado de viagem da Bélgica, onde entrávamos naquelas lojas maravilhosas de chocolates e fazíamos um pacotinho por 3 €, quando resolvemos fazer o mesmo nessa barraca da Boquería. A atendente colocou 2 ou 3 chocolatinhos e, depois de pesar, o preço foi tão alto (não me lembro o valor exato, mas acho que chegou perto de 8 €!) que me recusei a comprar. Enfim, isso para dizer que verifiquem bem o preço dos quilos das gulodices antes de sair comprando.

(Foto: Luiza Nascimento Mendonça)

*Cruzando a Rambla, ali perto, no Bairro Gótico, tem uma rua chamada Carrer Petritxol que é sensacional para comprar doces! As formigas podem sair do formigueiro e ir para lá que serão bem mais felizes!

7 – Essa é mais para morador, mas vai ser boa também para os carnívoros que estão na cidade de Air Bnb e vão comer em casa: no fundo do mercado existe um açougue chamado Boket (!!) que é excelente; muita variedade e preços muito baratos – a picanha costuma custar mais barato que a brasileira, e é boa!

Talvez a gente tenha assustado um pouco o leitor com algumas informações, mas podem ter certeza que a Boquerìa é, sim, imperdível, independentemente do horário do dia e da quantidade de pessoas que tiver. Vale muito a pena!

 

Você pode também gostar

Deixe seu comentário

© 2019 VivacidadesDesenvolvido com por